top of page
  • Foto do escritorJuliana Rosado

Como se comunicar melhor com o seu(sua) parceiro(a)

~e em todas as suas relações~ .

Muitas pessoas dizem que a maioria dos relacionamentos termina por causa de problemas financeiros ou infidelidade.


A verdade é: os relacionamentos acabam por problemas de comunicação.


As pessoas podem ter uma quantidade incrível de amor entre elas, mas se não souberem como comunicar o que precisam ou o que sentem, o relacionamento acabará por ter padrões disfuncionais. E esses padrões criam ressentimentos, mágoas, dúvidas...


Poucos adultos foram educados em como se comunicar claramente. Na realidade, nossa sociedade não nos educa para isso. (Educação emocional, compreensão das dinâmicas das relações, deveriam ser matérias aprendidas na escola também...)


Muitos de nós crescemos em lares onde os adultos envergonhavam, julgavam, culpavam ou criticavam uns aos outros regularmente. E crescemos evitando conflitos ou não sabendo lidar com eles.


De maneira inconsciente, aprendemos que conflito é “ruim” e pode levar alguém a nos deixar. Você pode observar se isso faz parte da sua história de vida se, quando o conflito surgir, você sentir ansiedade/pânico, querer se fechar ou ter medo imediato de perder alguém. *se observe, observe como seu corpo reage nessas situações.


O conflito em si não é ruim.

O conflito faz parte de todos os relacionamentos, faz parte do ser humano.


Se aprendermos boas habilidades de comunicação, o conflito pode criar uma conexão emocional mais profunda entre as pessoas.


  • Então, como ter uma boa comunicação com seu(sua) parceiro(a) e nas suas relações?


1. Ouça totalmente a perspectiva de seus parceiros: sem interromper seu ponto de vista ou negar a realidade do seu(sua) parceiro(a). Isso faz com que eles se sintam ouvidos e, se você está atento, faz você ter empatia e compreender a percepção real do outro.


2. Pergunte (ou observe) se a outra pessoa está em um estado emocional adequado para discutir o conflito. Gritar, falar em tom alto ou andando, e discutir enquanto faz outras coisas (cozinhando, por exemplo) não são momentos para resolver nenhum conflito.


3. Se auto-observe e perceba quando o seu sistema nervoso está sobrecarregado. Faça pausas, respire de maneira consciente e cheque como você está se sentindo: Consigo me comunicar nesse momento ou preciso de um tempo? *se afaste se for necessário (comunique isso).


4. Fale apenas por si mesmo “eu senti” em vez de “você fez x” ou “você sentiu x”. Pratique não supor o que o outro sente ou interpretar por ele/ela, pergunte: "O que você sentiu? O que fez com que você reagisse dessa maneira"?


5. Faça a outra pessoa se sentir segura durante o conflito: não fique agressivo(a), gritando, batendo coisas, insultando ou envergonhando a outra pessoa.


6. Se o conflito escalar para gritos, culpabilizações, julgamentos e agressões... perceba que não é mais seguro estar ali e que vocês estão em um modo defensivo, o que impossibilita qualquer comunicação efetiva. Ou seja, isso não é ter uma boa comunicação.


7. Utilize palavras de confiança para ajudar a outra pessoa a sentir segura durante o conflito. "Eu quero conversar sobre isso para a gente ficar bem", " Eu quero saber como você se sente".


8. Celebre quando vocês conseguirem resolver os conflitos de maneira saudável. É uma dedicação constante. "Eu estou orgulhoso(a) em como resolvemos essa questão", "Eu me senti seguro(a) quando vi que tu estava me escutando" "Obrigada por manter a calma e me ajudar a ficar bem também".


  • A maneira como você e seu/sua parceiro(a ) vivenciaram relacionamentos e conflitos na infância ~ as experiências onde cresceram ~ interfere diretamente no modo como vocês lidam com as relações e os conflitos atualmente. E isso pode ser diferente para cada um. Pode ser positivo ou negativo. É necessário ter consciência desses padrões e praticar a comunicação saudável, buscando amadurecer emocionalmente a si mesmo e a relação.


No atendimento psicológico online podemos trabalhar juntos essas questões.

Saiba mais sobre a psicoterapia individual e de casal. Entre em contato!








Comments


bottom of page